segunda-feira, 13 de maio de 2013

Uma casa de banho IMACULADA!!!


Limpas, perfumadas, simples, históricas, simpáticas… IMACULADAS!

Falamos de Casas de Banho… de casas de banho públicas… uma das casas de banho mais limpas da cidade de Lisboa.

À primeira vista parece estranho falar de tal estrutura, mas elas são uma peça importante na rede de uma cidade, nomeadamente para quem nos visita. Podemos mesmo considerar como parte de um cartão-de-visita de uma cidade. Quantas vezes já precisámos delas em situações de aflição, desejando ter à mão a nossa casa de banho, sempre imaculada?

Falamos delas também como um exemplo: de qualidade, de saber fazer, de simpatia mas também de orgulho.

Bem no Largo da Sé de Lisboa, alguns metros debaixo da terra, elas estão lá: discretas, simples mas cheias de brio. Escondem factos históricos de Lisboa, que remontam à época anterior ao terramoto de 1755, descobertos aquando da sua construção (1993). Uma estrutura habitacional correspondente à entrada de uma casa, constituída por uma portada de grandes dimensões em cantaria e uma janela, datadas do séc. XVII.

Factos históricos convivem de forma harmoniosa com a função de uma casa de banho, não fosse o brio da Senhora D. Fátima que cuida dela como se da sua casa se tratasse. Orgulhosa do seu trabalho, recebe os turistas que por ali passam sempre com um sorriso. Atenta para que tudo esteja impecável à entrada de alguém necessitado. Brilham de tanta limpeza, merecendo elogios (falados e escritos) de quem por lá passa. Aqui fica parte de um elogio ao trabalho desta Senhora: “… felicitar o trabalho de limpeza IMACULADA das casas de banho em frente à Sé Catedral de Lisboa…servir de exemplo para que as outras casas de banho assim fossem. Pessoas profissionais como esta Senhora tornariam o nosso mundo bem mais feliz e acolhedor”

Pela preservação do Património Histórico e pelo profissionalismo e brio com que esta Senhora desenvolve o seu trabalho, contribuindo para uma boa imagem da cidade, merece aqui ser divulgada como um exemplo de boas práticas a seguir por todos nós.

Um Bem-haja à Junta de Freguesia da Sé e em especial a esta Senhora!

 


Sem comentários:

Enviar um comentário